20/04/2017 11h33 - Atualizado em 20/04/2017 11h34

Sinfônica do ES: Mozart, Mendelssohn e a estreia de obra de jovem compositor são os destaques dos próximos concertos

Quem gosta de uma boa música já pode se preparar para os próximos concertos da Orquestra Sinfônica do Estado do Espírito Santo (Oses). As obras dos compositores Mozart e Mendelssohn serão apresentadas nas próximas  quarta (26) e quinta-feira (27), no Palco do tradicional Teatro Carlos Gomes. Dando continuidade aos programas de concertos da Orquestra, o destaque é a estreia mundial de uma obra escrita pelo músico capixaba Graciano Arruda. Com início às 20 horas, a regência ficará a cargo do Maestro Titular, Helder Trefzger.  

Os ingressos, sempre a preços populares (R$2 inteira e R$1 meia), já podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Carlos Gomes (tel. 3132-8399).

    O programa

  Do compositor Mozart será apresentado o célebre Concerto para violino n.º 3, conhecido como “Estrasburgo”. A peça chama a atenção para o segundo movimento da obra, carregado de lirismo, onde o violino canta uma partitura repleta de belas melodias. O solo ficará a cargo do violinista Filipe Dost (foto ao lado), que já tocou sob a regência de grandes maestros, como Zubin Mehta e Isaac Karabtchevsky, e acompanhou solistas renomados, sendo eles Antonio Meneses, Fabio Zanon, Julian Rachlin, Emmanuele Baldini, entre outros.

Em 2012 foi o vencedor do concurso de jovens solistas do Instituto Baccarelli, solando na Sala São Paulo sob a regência de Isaac Karabtchevsky. Em 2013 foi finalista no concurso de jovens solistas da USP e em 2015 recebeu menção honrosa no concurso de jovens solistas da Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos. Neste ano foi aprovado em 1° lugar no concurso da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo.

    Grande estreia

Outro destaque do concerto é a estreia mundial de uma abertura escrita pelo músico capixaba Graciano Arruda, que é bacharelando em música, com habilitação em composição - ênfase em Trilha Musical, pela Universidade do Espírito Santo - UFES.

Graciano Arruda também é ex-aluno do curso de piano popular da Faculdade de Música do Espírito Santo (FAMES) e concluiu, em 2016, o curso de formação musical com habilitação instrumental (Piano Erudito) na mesma Instituição. A sua obra “Overture”, que significa Abertura, composta inicialmente para piano e que, depois de orquestrada, foi mostrada ao Maestro Titular da Oses, Helder Trefzger, que a programou para essa apresentação.

De acordo com o compositor, “a inspiração foi a partir da imagem da maré. A primeira parte foi baseada na fluidez das águas e a segunda parte foi inspirada na imagem de peixes saltando contra a maré. Esse foi o ponto da inspiração para a composição”.

Para completar o programa, uma grande obra emblemática, escrita em 1829, pelo compositor alemão Felix Mendelssohn. Trata-se da sua Sinfonia n.º 5, conhecida como Sinfonia da Reforma. O título foi dado por Mendelssohn para celebrar  o tri-centenário da Confissão de Augsburg, de 1530, na qual a fé protestante foi definida e a igreja luterana oficialmente estabelecida.

 

Serviço:

Orquestra Sinfônica Do Estado Do Espírito Santo

Temporada 2017

 “Séries pré-estreia e concertos sinfônicos”

Obras: Mozart, Mendelssohn e Graciano Arruda

Regência: Maestro Helder Trefzger

Solista: Filipe Dost, violino

Local: Teatro Carlos Gomes

Data: 26 e 27/04

Horário: 20h

Ingressos: R$2,00 (inteira) e R$1,00 (meia).

Os ingressos podem ser adquiridos com antecedência na bilheteria do Teatro. Telefone: 3132-8399

 

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard