11/05/2018 10h34

Raiar da Liberdade: evento em Cachoeiro celebra abolição da escravatura neste domingo (13)

Celebração, conscientização e luta. A Comunidade Quilombola de Monte Alegre, em Cachoeiro de Itapemirim, está em ritmo de preparativos para a sua festa anual “13 de Maio: Raiar da Liberdade”. Idealizada há mais de 50 anos pela mestra de caxambu Maria Laurinda Adão, a comemoração ocorrerá a partir das 18 horas, neste domingo (13), data em que é celebrado mais um aniversário da Abolição da Escravatura no Brasil.

Na ocasião, se apresentarão grupos de Caxambu – do qual Maria Laurinda é mestra –, Jongo, Charola de São Sebastião, Folia de Reis, Quadrilha e Boi Pintadinho, e será servida a tradicional feijoada. O evento é organizado pela Associação de Folclore de Cachoeiro de Itapemirim. Neste ano, a festa foi contemplada no Edital 002 - Diversidade Cultural, da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

A celebração que, segundo a tradição, começou em 13 de maio de 1888, por ocasião da Assinatura da Lei Áurea, é o mais antigo e tradicional evento folclórico do Espírito Santo.

 Como chegar: a Comunidade Quilombola de Monte Alegre está localizada a 37 quilômetros do centro de Cachoeiro de Itapemirim, pela rodovia ES 482, no trecho que liga Cachoeiro a Alegre. A entrada é no trevo de Burarama. Para chegar à comunidade é só entrar à direita, na altura da fazenda experimental do Incaper. São 5 quilômetros de estrada de chão.

 

Serviço

Raiar da Liberdade

Dia: domingo (13)

Horário: 18 horas.

Entrada franca.

Informações adicionais:

www.folclorecachoeiro.org

www.facebook.com/associacaofolclorecachoeiro

Tel.: (27) 99915-2453 – Genildo Coelho Hautequestt Filho

 

Informações à imprensa:

 Assessoria de Comunicação da Secult

Carol Veiga / Erika Piskac / Danilo Ferraz

secultes.imprensa@gmail.com

comunicacao@secult.es.gov.br

Tels.: 3636-7111/99808-7701/99902-1627

Facebook: secult.espiritosanto

Texto: Danilo Ferraz

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard