11/03/2019 11h03 - Atualizado em 13/03/2019 00h08

Projeto Olhar oferece oficinas de audiovisual e educação ambiental em Afonso Cláudio

Com objetivo de valorizar a cultura e o meio ambiente e estimular a comunidade a vivenciar a preservação ecológica em sua própria região, o Cineclube Eco Social, em parceria com o Instituto Manguerê, abre inscrições para as atividades do Projeto “Olhares” no município de Afonso Cláudio. Serão realizadas, entre os dias 18 a 23 de março, oficinas de animação e documentário, exibição de filmes e palestras na Associação Diacônica Luterana, localizada no distrito de Serra Pelada. O projeto foi contemplado com recursos do Edital 013/2018, do Fundo Estadual de Cultura (Funcultura), da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

O documentarista Ricardo Sá (oficina de documentário), o animador Bruno Cabús (oficina de Animação) e o realizador Audiovisual Luciano Guimarães (oficina de cineclube) estão entre os nomes que utilizam recursos do audiovisual como ferramenta pedagógica. Segundo o educador Bruno Cabús, “a animação e a riqueza de seu universo imaginário estimulam a criatividade do público e possibilitam diálogos e reflexões ambientais de forma lúdica. A oficina de animação, por exemplo, além de abordar temáticas ambientais, permite a reutilização de diversos materiais na construção de personagens e cenários. O resultado esperado será um curta de animação sobre o patrimônio natural presente nas comunidades atendidas”, destaca.

Oficinas e palestras 

-Data: 18 de março

Horário: 08h

Palestra de Educação Ambiental: ministrada pela pedagoga Vera Lúcia Miranda, a palestra tem o objetivo de estimular a importância do olhar e a percepção das comunidades sobre o meio ambiente entorno.

-Data: 18 a 23 de março

Horário: 08h e 19h30

Oficina de Animação: ministrada pelo educador e animador, Bruno Cabús, a oficina irá utilizar-se da técnica stop motion, uma animação feita quadro a quadro com fotografias de objetos, bonecos de massinha, recortes de papel ou qualquer outro material existente – os presentes serão orientados a produzirem um filme de animação que vise a divulgação e a preservação do Patrimônio Natural existente na região.

Documentário: ministrada pelo cineasta capixaba Ricardo Sá, a oficina vai contar como mote a linguagem cinematográfica e a utilização de tecnologias presentes no cotidiano como o uso de celulares. No decorrer da oficina, será produzido um curta-metragem experimental, de gênero documental, com o público.

Cineclube

Ministrada pelo produtor cultural Luciano Guimarães de Freitas, a oficina de cineclube demonstra as possibilidades do direito cultural de acesso ao cinema, e de como promover diversas ações de fortalecimento social por meio da

-Data: 23 de março

Horário: 19h30

Sessão do Cineclube Lagoa: Exibição dos filmes produzidos pelos alunos nas oficinas.

Como se inscrever?

As inscrições e participação são gratuitas, deverão ser realizadas ou presencialmente, na sede da Associação Diacônica Luterana, com o educador Alex Reblim, ou pela internet, no link:

https://goo.gl/forms/1DC3ausGAFCfwuW22

Os realizadores do Projeto Olhares convidam o público a seguir o projeto nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/olharesolhares/

Blog: https://olhareseperspectivases.blogspot.com/

Mais informações: producaoolharesolhares@gmail.com

Texto: Danilo Ferraz

Informações à imprensa

Assessoria de Comunicação da Secult

Aline Dias/ Danilo Ferraz/ Erika Piskac

secultes.imprensa@gmail.com

comunicacao@secult.es.gov.br

Tels.: 3636-7111/99808-7701/99902-1627

Facebook: secult.espiritosanto

Instagram: @secult.es

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard