05/09/2019 12h08 - Atualizado em 09/09/2019 16h41

Orquestra Sinfônica do Estado do Espírito Santo apresenta trilhas de videogame

Apresentações acontecem nos dias 11 e 12 de setembro no Teatro da UFES, em Vitória.

 Nos dias 11 e 12 de setembro, a Orquestra Sinfônica do Estado do Espírito Santo (Oses) apresenta o concerto inédito “Especial Videogames”, com trilhas sonoras de games clássicos com arranjos sinfônicos. As apresentações vão acontecer no Teatro Universitário da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), em Goiabeiras, com regência do maestro adjunto da Oses, Leonardo David.

 Trilhas de jogos que fizeram parte do imaginário de muitos na infância como Mário Bros, Castlevania e Sonic compõem o repertório. De acordo com o Maestro Helder Trefzger, “nestes dois dias, as trilhas dos jogos eletrônicos, dos clássicos aos mais atuais, serão executados por uma orquestra formada por 70 instrumentistas e durante a apresentação, haverá um telão que irá mostrar trechos dos jogos”, destaca.

 O espetáculo integra as atividades que fazem parte da programação da Semana Game Cultura, série de eventos dedicados ao universo dos gamers promovida pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult). Os ingressos já estão disponíveis na bilheteria do Teatro Universitário da Ufes a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Mais informações no telefone: (27) 3335-2953.

Serviço:

 Concerto da Orquestra Sinfônica do Estado do Espírito Santo – Especial Videogame

 Data: 11 e 12/09, quarta e quinta-feira

 Horário: 20h

 Local: Teatro universitário – UFES, Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória.

 Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$5 (meia) disponíveis com antecedência na bilheteria do teatro. Mais informações pelo Telefone: (27) 3335-2953

 Regência: maestro Leonardo David.

 

Informações à Imprensa:

 

Assessoria de Comunicação da Secult

Aline Dias / Danilo Ferraz / Erika Piskac

(27) 3636-7111/99753-7583/99902-1627

secultjornalismo@gmail.com

comunicacao@secult.es.gov.br

https://www.facebook.com/SecultES/

https://www.instagram.com/secult.es/

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard