20/11/2021 08h36 - Atualizado em 22/11/2021 10h56

Grupo Teatral Gota, Pó e Poeira faz neste sábado (20) circulação teatral em Marataízes

Próximas apresentações acontecem em Afonso Cláudio e Colatina.

O Grupo Teatral Gota, Pó e Poeira, de Guaçuí, executa, neste sábado (20), o projeto aprovado no Edital 022/2020, da Secretaria da Cultura (Secult), por meio do Fundo de Cultura do Estado do Espírito Santo (Funcultura), por meio da Circulação Teatral, com o espetáculo “A Saga Amorosa dos Amantes Píramo e Tisbe”, além de uma oficina de teatro de rua.

 Marataízes será o primeiro município do Estado a receber o projeto, que vai acontecer em dois horários: de 15 as 17h, na Escola José Marcelino, com a oficina de Teatro de Rua, ministradas pelo diretor Carlos Ola e mais alguns integrantes do grupo. Às 17h30, acontece a apresentação do espetáculo “A Saga Amorosa dos amantes Píramo e Tisbe”, na Praça Antônio Jacques Soares (Praça da Barra). Em caso de chuva, a apresentação será realizada na quadra da Escola José Marcelino.

 No espetáculo, uma companhia de teatro tem a incumbência de apresentar para o rei e a rainha uma peça que reúna amor e comédia. Por isso, encena um amor impossível entre Píramo e Tisbe, de famílias rivais, que combinam uma fuga para viver o amor deles. No decorrer dos fatos, entretanto, acontece um mal-entendido cômico.

 A peça é um fragmento de “Sonho de uma noite de verão”, que representa a paródia da obra mais conhecida “Romeu e Julieta”, misturando-a à trágica lenda grega do mesmo nome. Em cena, os atores mostram o dia a dia de uma companhia, repassando os ensaios com seus erros e acertos, e traz ainda a característica do “Gota Pó e Poeira” em manter uma interação com a plateia, além de uma pesquisa musical em desenvolvimento.

 No elenco, estão Neuza de Souza, Eliane Correia, Aline Saraiva, Rafaela Carvalho, Danielle Lino, Edmar da Silva, Matheus Soares, João Batista de Moraes, Kaio Serafim e Carlos Ola. A função de contrarregra é de Lucas Almeida e a produção local de Bárbara Peres, da Academia de Letras de Marataízes. O texto é de Lúcio Marques.

 A apresentação e a oficina são gratuitas, dentro do Edital da Secult, pelo Funcultura. As próximas apresentações acontecem em Afonso Cláudio e Colatina.

 

Atendimento à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Secult

Aline Dias / Danilo Ferraz / Erika Piskac

(27) 3636-7111 / 99753-7583 / 99902-1627

secultjornalismo@gmail.com / comunicacao@secult.es.gov.br

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard