15/05/2018 11h23 - Atualizado em 15/05/2018 11h24

Funcultura: Espetáculo CAOS abre Festival Aldeia Sesc Ilha do Mel

A Aldeia Sesc Ilha do Mel, é um projeto do Departamento Nacional do SESC e chega a sua 10º edição proporcionando aos artistas, grupos e público em geral uma diversidade de apresentação de espetáculos de teatro, dança, circo, reflexões cênicas, exposição e formação artística. Na programação são ao todo 18 espetáculos espalhados no Teatro Gloria, no Teatro Virginia Tamanini e em ruas e parques de Vitória.

Pela primeira vez uma companhia capixaba de dança fará abertura do festival. É a IN PARES cia de dança que apresenta o espetáculo de dança contemporânea CAOS, contemplado pelo o Edital 018/2016, de Produção de espetáculos inéditos de artes cênicas, dança e ópera. O espetáculo teve sua estreia em 2017, que foi bem recebido pelo público e pela crítica especializada e que narra, de forma orgânica, a trajetória do caos na humanidade até chegar nos dias atuais.

A coreografia traz em seus movimentos e intenções cênicas importantes referências sobre o comportamento do homem frente a poluição e aos desastres na natureza, tanto como vítima como o principal algoz dessas mazelas, fazendo alusão também a contaminação do ar pelo pó preto vindo das grandes indústrias e do rompimento da barragem da Samarco com a contaminação do Rio Doce, além de exibir imagens fortes de guerras, barbáries e genocídios da história recente do mundo.

Para o coreógrafo da companhia Gil Mendes, o processo de montagem foi uma sufocante e libertária experiência de expressão artística mas também política: “o trabalho de pensar o espetáculo, a dança em si com os bailarinos, com a trilha musical, com o iluminador e com a direção artística foi uma luta gratificante de colocar no corpo toda nossa indignação, nossas inquietações mas também nossa luta por entender qual o papel de cada um sobre o que estamos fazendo, ou deixando fazer, com o nosso planeta e com nós mesmos”  

A apresentação única será gratuita e todas as informações estão disponíveis na bilheteria do Centro Cultural Sesc Gloria.

 SINOPSE

Sob a estética da barbárie, o estado de poder e a necessidade do excesso e do consumo expõem o corpo ao extremo e as vísceras ao limite. Tem-se o embrião. A intolerância, já saturada e sem crítica, em movimentos ora primitivos ora convulsivos, recria-se o novo, ainda velho e castigado por memórias amargas, mas ainda antigo, ultrapassado porém vivo e insuportavelmente violento e hostil. E o corpo, já erigido, torna-se homem. Em cinco atos em simbiose: o girino, o homem, o espaço, a guerra e o coma, instaura-se o caos.

OUTRAS INFORMAÇÕES ARTÍSTICAS

Na direção artística e na dramaturgia o cineasta e roteirista Paulo Sena assumiu o desafio de construir uma identidade estética equalizada e condensada da história da humanidade a partir das disfunções e do caos produzido por essa mesma sociedade, sobrevivente e agonizante.

A trilha sonora original é de autoria do compositor e músico capixaba Wanderson Lopes, que mergulha nos sons da violência, do cotidiano e das catástrofes para encontrar algo suspenso, resignificando os ruídos em ritmo e poesia. Em música.

A composição da luz, concebida por André Stefson, dialoga com o universo cênico e com a dramaturgia através de sombras, espaços e marcações ambíguas, ora revelando parte do movimento, ora expondo o palco e o corpo cru. Além de provocar no espectador outras sensações, impulsionados pelas intervenções audiovisuais do artista visual Iuri Galindo, dando vigor e um tom amargo e real à memória do espectador.

SERVIÇO

CAOS

IN PARES Cia de dança

SESC Glória  – Praça Costa Pereira - Vitória

Data: 16 de Maio (quarta-feira)

Horário: 20h30

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

 

CONTATOS

 

Gil Mendes – (27) 99924-4025

Coreógrafo da IN PARES

 

Paulo Sena - (27) 99956-0609

Produtor da IN PARES

 

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard