23/06/2020 12h44 - Atualizado em 23/06/2020 12h46

Entretenimento cultural e prêmios em mostra capixaba

Filmes, apresentações musicais,  performances e diversos conteúdos serão opções de entretenimento gratuito do 2º MoV.Cidade (Mostra & Lab de Criatividade e Sustentabilidade Urbana de Vitória). Neste ano, devido à pandemia do novo coronavírus, o evento acontecerá online durante seis semanas em uma plataforma de streaming, chamada MOV ON, que será lançada para todo Brasil em setembro.

Para compor a programação do evento, está aberta até o dia 06 de julho uma Chamada Criativa que visa selecionar artistas do Espírito Santo e de todo país com produções que tratam de temas como corpo, música e cidade. Além das atrações selecionadas via chamada, a mostra vai contar com produção de conteúdo que versa sobre a relação das pessoas com os centros urbanos, sobretudo neste período de pandemia. Uma das atrações confirmadas é o César MC, revelação capixaba que ganhou destaque nacional com a música “Canção Infantil”. O MC criará uma playlist inédita que ficará disponível no site do evento.

 

Laboratório cultural para jovens capixabas

O MoV Lab, laboratório imersivo de produção de conteúdo para redes sociais, é uma das ações do MoV.Cidade destinada a jovens das periferias da Grande Vitória. A organização do evento fará a seleção de 20 jovens para terem acesso à aulas exclusivas ministradas em formato digital por grandes profissionais do mercado. Serão disponibilizados 5 módulos de conteúdo, com mais de 20 horas de aprendizado e vivência durante a realização do MoV.Cidade, entre os meses de setembro e outubro. Esses jovens terão ainda uma bolsa-auxílio para a prática dos novos conhecimentos.

 

Premiações para setor artístico

O MoV.Cidade é uma iniciativa da Caju Produções, que reinventou o evento com a oferta de prêmios que chegam ao valor total de R$ 80 mil. A adaptação do festival para o ambiente digital permitiu aos sócios e proprietários da Caju, Léo Alves e Tânia Silva, a possibilidade de destinar o recurso, anteriormente investido no evento físico, para profissionais do setor cultural.

A redistribuição dos recursos captados via Lei de Incentivo à Cultura possibilitou transformar o valor em premiações e cachês para músicos, técnicos da cultura, cineastas, performers, jovens produtores de conteúdo e profissionais que tiveram a renda altamente afetada nesta pandemia.

"A Caju tem o objetivo de fomentar renda e emprego a esses profissionais na atual situação financeira prejudicada pela falta de eventos físicos. Adaptamos a realização das atividades culturais para o ambiente online, oferecemos entretenimento gratuito e ainda movimentamos a cena artística capixaba e nacional”, destacou Léo Alves.

 

Renda e emprego em meio à crise

O setor de eventos culturais vive uma crise sem precedentes em meio ao cenário de pandemia. Produtoras com projetos captados e patrocínios confirmados tentam se adaptar, evitar demissões e cancelamento de contratos.  A Caju reinventou estratégias de difusão e produção para provocar a ampliação de geração de renda, empregos e auxílio ao setor cultural. 

No formato físico, a previsão era de 89 contratações diretas. Com a adaptação para a realização na plataforma digital, esse número passa para uma estimativa de 250 profissionais. “Os recursos passam a ser destinados aos profissionais do audiovisual e do cenário artístico responsáveis pelas atrações, criação da plataforma, cineastas, designers e muitos outros”, completa Tânia Silva.

Inscrições abertas 

A chamada de artistas já está aberta para participação do 2º MoV.Cidade com inscrições pelo site www.movcidade.com.br. São convidados fazedores de arte capixabas e de todo Brasil que  pautam temas como mobilidade urbana; ocupação e esvaziamento de espaços públicos; novas tecnologias; economia criativa; processos participativos; protagonismo de comunidades; representatividade urbana; cidade e consumo; cidades humanas e inteligentes.. O 2º MoV.Cidade contará com sete categorias de premiação, sendo elas: Atrações Musicais, Filmes, Júri de Cinema, Performance, Collab Revista MoV, Laboratório Imersivo e Concurso de Vídeo Caseiro. 

Estão abertas, inicialmente, as inscrições para as cinco categorias: Atrações Musicais, Filmes, Júri de Cinema, Performance e Collab Revista MoV até o dia 06 de julho. Já as duas categorias de Laboratório Imersivo e Concurso de Vídeo Caseiro terão inscrições abertas no dia 20 de julho. Os detalhes sobre os prêmios, inscrições e categorias estão no edital disponível no site do evento.

O MoV.Cidade e o MoV Lab são é projetos patrocinados pela Vale S/A, Facebook do Brasil, Grupo Águia Branca e Smart Fit,  com realização da Caju Produções e Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania, Governo Federal.

Informações à Imprensa:

Andreia Ferreira

(27) 99807-0453

Assessoria de Comunicação da Secult

Aline Dias / Danilo Ferraz / Erika Piskac

(27) 3636-7111 / 99808-7701 / 99902-1627

secultesjornalismo@gmail.com

comunicacao@secult.es.gov.br

Facebook: secult.espiritosanto

Instagram: @secult.es

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard