25/11/2019 15h48 - Atualizado em 28/11/2019 10h22

Dezessete livros distribuídos de graça em lançamento coletivo da Secult

Publicações também serão entregues às bibliotecas dos 78 municípios do Espírito Santo.

A diversidade de temas e autores de livros que a Secretaria da Cultura (Secult) vai lançar na próxima quinta-feira (28), a partir das 17h, no Salão São Tiago do Palácio Anchieta, promete agradar vários estilos literários. Um total de dezessete obras reúnem um mosaico de gêneros como romance, ficção, contos, crônicas, biografia e infantojuvenil. As publicações foram selecionadas em dois editais da Secult em 2018, o de Produção e Difusão de Obras Literárias e o de Edição e Difusão de Textos sobre a História, Memória, Biografia e Ensaio Crítico sobre a Cultura Capixaba.

Em formato de lançamento coletivo, os autores vão distribuir seus livros gratuitamente para o público presente no dia do evento. Além disso, as publicações serão enviadas para as bibliotecas que compõem o Sistema Estadual de Bibliotecas do Espírito Santo dentro dos 78 municípios do Estado, para os dez módulos da Biblioteca Transcol, localizadas dentro dos terminais de ônibus da Grande Vitória e para os dois carros da Bib Móvel, setor itinerante da biblioteca que circula por dezesseis bairros de Vitória.

Para Getúlio Pinto, autor do livro de poesias “Calor Outro”, a sensação de participar do lançamento coletivo é de coroação. “Ter o meu livro reconhecido por um edital de incentivo faz eu me sentir muito realizado. Fazer parte dessa ação me conecta com a participação do poder público no fomento da cultura capixaba”, afirma. O autor também descreve a sensação de trilhar um importante passo. “Saber que parte dos meus livros vai chegar a todos os municípios do Estado, numa perspectiva de difusão da literatura, coloca essa ação num patamar de nobreza enorme”, conta.

Rita Uliana, autora do livro “Trechos de Trilhas: Memórias” destaca a importância da distribuição dos livros durante o lançamento coletivo e para as bibliotecas de todo o Estado como uma oportunidade de contato com o autor e o leitor. “Creio que a distribuição cumpre o papel de garantir que a literatura capixaba chegue aos espaços públicos de formação e manutenção desses leitores. Realizei oficinas como contrapartida em dois assentamentos de São Mateus, em uma escola rural de Santa Maria de Jetibá, uma escola no Centro de Aracruz e outra no Centro de Ibiraçu. Senti que a literatura capixaba não é estudada nesses lugares. O argumento? Não cai no Enem. Quando havia VestUfes, em que uma obra capixaba era cobrada, os autores locais eram mais explorados. Com a distribuição das obras, esse contato pode ser atualizado anualmente”, afirma Rita.

Autor da obra infantojuvenil “A lenda do Lagarto Azul”, Jonas Reis conta que um dos principais interesses e desejos dos autores é que o livro chegue nas mãos do maior número de leitores. “Essa ação de distribuição gratuita para o público e para as bibliotecas é louvável. Já fui como público no evento de lançamento coletivo em 2018 e fiquei muito feliz de ver as pessoas levando para casa uma diversidade enorme de livros diferentes”, afirma Jonas.

Entre os livros que ganharão as ruas, destacam-se seis autores estreantes: Fabíola Mazzini Leone, com “Rotina dos ossos”, que aborda temáticas cotidianas das mulheres; Marciel da Silva Cordeiro, com o livro de contos “Caminho para o Texas”; Getulio Sérgio Souza Pinto, com o livro de poesias “Calor Outro”; Gabriel Bourguignon Vogas, com livro infantil “Golo”; Fausto Ramos dos Santos, com o livro de contos “O Padrão dos Dedos”, e Rita Uliana, com o livro “Trechos de Trilhas: Memórias”.

Confira a lista de livros que serão lançados: 

EDITAL Nº 007/2018

-Fabíola Mazzini Leone, “Rotina dos ossos”;

-Marciel da Silva Cordeiro, “Caminho para o Texas”;

-Getulio Sérgio Souza Pinto, “Calor Outro”;

-Gabriel Bourguignon Vogas, “Golo”;

-Fausto Ramos dos Santos, “O Padrão dos Dedos”;

-Rita Uliana, “Trechos de Trilhas: Memórias”;

-Jonas Rosa dos Reis, “A lenda do lagarto azul”;

-Danyel Ferreira Sueth, “Depois que o sol se põe”;

-Fernanda Broedel, “Labirinto Mínimo”;

-Neusa Maria Jordem Almança Possatti, “Menina Inventada”;

-Marília Carreiro Fernandes, “Lama”.

EDITAL Nº 008/2018

-Cínthia Ferreira de Souza Vogas, “O piano e seu conjunto: vida e obra de Hélio Mendes”;

-Lívia de Azevedo Silveira Rangel, “Lídia Besouchet e Newton Freitas: Intelectuais Fronteiriços (1938-1950)”;

-Juliano Motta Silva, “Lembranças do Rio Marinho: Aspectos de história e memória de um rio capixaba”;

-Osvaldo Martins de Oliveira, “Projeto político de um território negro: memória, cultura e identidade quilombola em Retiro, Santa Leopoldina”;

-Genildo Coelho Hautequestt Filho, “Arquitetura urbana do café em Muqui”;

-Elda Alvarenga, “Professoras primárias: As pioneiras na feminização do magistério capixaba (1845-1920)”.

-Fabiane Vasconcelos Salume Zimerer, “Elementos estéticos e relações simbólicas no ritual do Reis de Boi”;

Serviço:

Lançamento Coletivo de livros premiados nos Editais de Literatura da Secult 

Data: 28 de novembro

Hora: 17h às 19h

Local: Palácio Anchieta, Praça João Clímaco, 142 - Centro, Vitória

Entrada gratuita

Informações à imprensa:

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Secult

Aline Dias / Danilo Ferraz / Erika Piskac

(27) 3636-7111/99753-7583/999021627

secultjornalismo@gmail.com

comunicacao@secult.es.gov.br

https://www.facebook.com/SecultES/

https://www.instagram.com/secult.es/

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard