05/06/2018 15h40

“Amas – Fisionomias e Desmembramentos” é a nova exposição da Galeria Homero Massena

A exposição foi selecionada no Edital de Exposição de Artes Visuais, da Secult

 

A nova exposição “Amas – Fisionomias e Desmembramentos” vai reunir, a partir do dia 13 de junho, na Galeria Homero Massena, em Vitória, desenhos em nanquim sobre papel do artista capixaba Luciano Feijão. A exposição faz uma alusão a obra “A Negra” (1923), da artista modernista Tarsila do Amaral. Para ela, o quadro era a recordação de sua infância na fazenda, onde as escravas cuidavam das crianças e eram muitas vezes suas amas-secas, como uma espécie de mãe de leite para o bebê, enquanto suas sinhás não o conseguiam produzir. 

  “Amas – Fisionomia e Desmembramentos” apropria-se da obra “A Negra”, trabalhando contra a hegemonia do objetificação dos corpos. A exposição faz uma menção a presença de Tarsila do Amaral, convocando o público por meio de sua pintura, a enxergar a sua grandiosidade diante de corpos negros e toda sua história.

Para o artista, a mensagem que a exposição passa para todas as AMAS de leite, do passado e do presente; que vosso leite, antes propriedade de homens e mulheres brancas, seja hoje o combustível vivo de sua luta.

VISITE! 

A abertura de “Amas – Fisionomias e Desmembramentos” está marcada para o dia 13 de junho, às 19h, na Galeria Homero Massena, e fica em cartaz até o dia 8 de setembro.

Sobre o artista

Luciano Feijão nasceu em Vitória (ES), em 1976. É graduado em Artes Plásticas pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), com mestrado em Artes pela mesma instituição, em 2014. Participou de exposições individuais e coletivas de desenho, ilustração e gravura em Vitória, São Paulo, México e Los Angeles, com destaque para o SP Estampa (2012) na Galeria Gravura Brasileira, 1ª MACLI – Mostra de Arte Contemporânea em Literatura Infantil (2015), no Centro Cultural Sesc Glória e Torções (2016), no Museu Capixaba do Negro (Mucane). 

Foi membro-fundador do grupo Célula de Gravura, com pesquisa em litografia. Atualmente coordena o Núcleo de Pesquisa em Ilustração Editorial (Nupie) e o Grupo de Estudos em Ilustração/SESC Glória, em Vitória. Atualmente é professor substituto de Desenho, no Departamento de Artes Visuais/Centro de Artes/Ufes. É ilustrador, tendo publicado no Le Monde Diplomatique Brasil, Folha de São Paulo, Editora Abril, Editora Record, Bebel Books, Revista Gráfica – Arte Internacional entre outros.

Serviço:

Exposição “Amas — Fisionomias e Desmembramentos”

Onde: Galeria Homero Massena. Endereço: Rua Pedro Palácios, 99, Cidade Alta, Vitória.  

Abertura: 13 de junho, às 19h

Visitação: de 14 de junho a 08 de setembro de 2018

Horários de visitação: Segunda a sexta, das 09 às 18 horas, e sábado, das 13 às 17h

Contato: 27 3132 8395

 

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard