06/10/2017 10h35 - Atualizado em 20/10/2017 11h31

13º Festival Nacional de Teatro Cidade de Vitória vai agitar palcos e diferentes espaços da capital

  De sexta-feira (13) até o dia 21 de outubro, Vitória se tornará a capital brasileira do teatro. Em sua 13ª edição, o Festival Nacional de Teatro Cidade de Vitória chega trazendo peças nacionais, internacionais e locais com temáticas diversas e para todos os públicos. Somando 26 apresentações, a programação inclui oficinas, mostras de filmes, exposição e muito mais. As peças vão ocorrer em diversos pontos da capital: no Teatros Carlos Gomes, Teatro Universitário da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Centro Cultural Sesc Glória, além das apresentações do Teatro de Rua, na praça Costa Pereira, no Centro de Vitória.

A bilheteria

A entrada para os espetáculos é franca – exceto as apresentações no Sesc Glória – e os ingressos podem ser retirados na bilheteria do teatro, no dia do espetáculo, sempre uma hora antes do inicio da apresentação. Cada pessoa tem direito a dois ingressos.

Homenageados da edição

José Luiz Gobbi

Consultor, ator, diretor, instrutor e palestrante, é capixaba, um dos mais conhecidos e aclamados artistas espírito-santense. Seus espetáculos, apresentados em vários estados do Brasil, além de Paris (França) e Lisboa (Portugal) grande sucesso de público e de crítica. A personagem 'Marly' vivida por Gobbi na peça Hello Creuzodete ganhou vida própria e hoje é reverenciada como ícone da cultura capixaba.

Nilson Coutinho Sodre - In Memoriam

  Um dos fundadores da Apatedees, atual Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado no Espírito Santo (Satedes). Nilson atuou muito tempo no Teatro Carlos Gomes e na Orquestra Filarmônica do ES. Nilson um importante profissional das Artes Cênicas e Musicais do ES, foi elementar nos bastidores das atividades cênicas e musicais.

O festival

Realizado desde 2005, o Festival Nacional de Teatro Cidade de Vitória busca divulgar as artes cênicas para todo o Estado. Em sua 13ª edição, o festival tem o apoio do Governo do Estado do Espírito Santo, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, Prefeitura Municipal de Vitória, Cesan e Banestes. 

 

TEATRO CARLOS GOMES

DIA: 21 de outubro de 2017– Sábado

Espetáculo: O CORTIÇO DOS ANJOS 

Grupo: Trupe Ia Pocô - ES

Horário: 19h

Release

“Mataram Teresa! Teresa está morta.” – Assim começa O Cortiço dos Anjos, Contando a história de quatro personagens que vivem no cortiço de LADY DOMANNA, uma velha travesti, saudosa por seus tempos de gloria e boemia, As outras três personagens são SELMA uma religiosa fanática e desprezada pelo marido, CECÍLIA, uma lésbica, ex-presidiária, que matou por amar demais, e SILVANA, uma caótica mulher que cresceu em um prostíbulo conhecido como “A Casa do portão rosa”, as personagens contam suas histórias diante de um delegado que investiga a morte de Teresa, um assassinato misterioso e cruel que aconteceu no Beco do Italiano, em uma noite fria e chuvosa.

TEATRO SESC GLÓRIA

DIA: 20 e 21 de outubro de 2017 - Sexta e Sábado

Espetáculo: O FILHO - Patrocínio Petrobras

Grupo: Teatro da Vertigem – SP

Horário: 18 e 20h

Valor: R$ 6,00 e R$ 3,00

Release

Inspirado em Carta ao Pai, o espetáculo “O Filho” atualiza o corrosivo acúmulo de frustração e raiva, fruto de uma vida miserável no campo dos afetos, retratando o universo da família e exprimindo a debilidade de seus vínculos.

O espetáculo expõe a trajetória e as relações de Bruno com seus pais, seus filhos e suas mulheres. Ao constatar e descrever as situações vividas para si, ele tenta aprender, entre outras coisas, o que é ser um homem de verdade.

TEATRO CARLOS GOMES 

DIA: 21 de outubro de 2017 – Sábado

Espetáculo: QUIXOTINADAS

Grupo: Vira Lata de Teatro - ES

Horário: 21h

Release

A extraordinária figura de D. Quixote, criada por Miguel de Cervantes, juntamente com seu fiel escudeiro Sancho Pança é colocada no sertão nordestino, gerando as confusões e conseqüências decorrentes dessa troca de cenário. Sancho Pança segue com seu amo para mais essa aventura e continua sua busca pela terra que o cavalheiro andante lhe prometeu para governar. Ressuscitado pela figura de um autor, Dom Quixote se vê diante dessa nova terra, até então desconhecida para ele e essa descoberta traz o reconhecimento de um povo com suas tradições, culturas e toda a injustiça causada por um grande “monstro” chamado seca. Esse encontro causa estranheza para o velho herói que entra em uma "Cruzada Sertanhola" com todos os conflitos que esse contexto lhe proporciona.

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard