11/02/2019 16h05 - Atualizado em 07/03/2019 12h57

Sinfônica do ES: Confira o calendário de apresentações do primeiro semestre

 Obras de Tchaikovsky, Mozart, Hummel, Weber e Saint-Saëns na programação, que tem início na próxima terça-feira (12)

Obras de grandes compositores, como Mozart e Tchaikovsky estão na programação da Temporada 2019 da Orquestra Sinfônica do Estado do Espírito Santo (Oses). Um dos destaques é a homenagem ao teatro, no mês de março. No concerto de abertura, na próxima terça-feira (12), obras de Massenet, pela primeira vez executadas pela Oses.

  ‘Bienvenue 2019’ é o título das duas primeiras apresentações da Temporada 2019. Sob a regência do maestro Helder Trefzger e solo da harpista Maíni Moreno, de apenas 20 anos, as primeiras apresentações serão nas próximas terça-feira (12) e quarta-feira (13), no Teatro Glória, no Centro de Vitória. O público vai poder apreciar obras de Massenet, Saint-Saëns e Cesar Franck, nomes consagrados que estudaram e lecionaram no Conservatório de Paris, um dos mais tradicionais centros de ensino de música do mundo.

Nos dias 27 e 28 de fevereiro, será apresentada a suíte ‘Lago dos Cisnes, clássico de Tchaikovsky que mostra o amor de um príncipe por uma cisne. A obra passou a ser referência obrigatória no repertório do balé clássico, com enredo encantador, vibrante e lúdico.

Na sequência, será apresentada a abertura da ópera mais popular da trajetória de Mozart, ‘O rapto do Serralho’. Na época em que foi escrita, em 1781, o imperador austríaco Josef II fez seu famoso comentário: “Bela demais para os nossos ouvidos, meu caro Mozart, e com notas em demasia”. E Mozart retrucou: “Exatamente tantas quantas são necessárias, Majestade”.

  Sob a regência do maestro adjunto, Leonardo David, o trompetista da Oses Renan Sena, vai solar na obra ‘Concerto para trompete em mi bemol maior, do austríaco Hummel, compositor contemporâneo de Mozart e Beethoven.

Em março, nos dias 13 e 14, serão apresentadas obras do alemão Weber e do norueguês Grieg, ambos compositores que têm uma forte conexão entre a música e o teatro. Weber tinha uma força expressiva em seus temas e essa familiaridade com o teatro veio da vivência na infância com a trupe teatral de seu pai, com a qual viajou por toda sua infância.

No repertório da noite, destaque para as suítes Nº 1 e 2, da obra ‘Peer Gynt’, uma peça teatral musicada pelo norueguês Grieg. Ao aceitar o convite do dramaturgo Henrik Ibsen para compor a música, o compositor acabou escrevendo um de seus maiores sucessos. O clarinetista da Oses, Cristiano Costa vai ser o solista da vez, com a peça para Clarinete e Orquestra N.º 1, em Fá Menor, de Weber.

  Ainda em março, nos dias 27 e 28, às 20 horas, no Teatro Glória, será apresentado o balé ‘A Bela Adormecida’, inspirada no conto infantil. Tchaikovsky criou melodias que fazem parte do imaginário de muitas pessoas. Suas obras magistrais são usadas como trilha sonora de filmes e desenhos até hoje, como na obra ‘Romeu e Julieta’, a animação da Disney ‘Fantasia’ e o clássico ‘O quebra nozes’. Na sequência, uma obra do compositor norueguês Grieg, com solo de piano de Cristian Budu, pianista convidado considerado um dos expoentes de sua geração.

 

Confira a programação:

_FEVEREIRO_

Bienvenue 2019

 

12 e 13 de fevereiro | 20 horas | Teatro Glória

O Conservatório de Paris, um dos mais importantes do mundo, vai ser lembrado no primeiro concerto da Orquestra. É por isso que as boas vindas ao ano vêm em francês.

 _Fête Bohème, da Suíte Scènes Pittoresques, de Jules Massenet

_Morceau de Concert, para harpa e orquestra, de Camille Saint-Saëns

_Sinfonia em ré menor, de Cesar Franck

 

Solista: Maíni Moreno

Regência: Helder Trefzger

 O Lago Dos Cisnes

 27 e 28 de fevereiro | 20 horas | Teatro Glória

Contemporâneo de Mozart e Beethoven, o compositor Hummel estará ao lado do primeiro e de Tchaikovsky em um concerto emocionante.

 _Abertura da ópera O Rapto do Serralho, de Mozart

_Concerto para trompete em mi bemol maior, de Hummel

_Suíte O Lago dos Cisnes, de Tchaikovsky

 

Solista: Renan Sena

Regência: Leonardo David

 

_MARÇO_

Teatro e Música: Peer Gynt

13 e 14 de março | 20 horas | Teatro Glória

Ao aceitar o convite de seu conterrâneo, o dramaturgo Henrik Ibsen, para compor a música de cena de Peer Gynt, o compositor norueguês Edvard Grieg acabou escrevendo um de seus maiores sucessos.

_Abertura Euryanthe, de Weber

_Concerto Para Clarinete E Orquestra N.º 1, em Fá Menor, de Weber

_Peer Gynt – Suíte N.º 1 e 2, de Grieg

 

Solista: Cristiano Costa

Regência: Leonardo David

 

A Bela Adormecida

27 e 28 de março | 20 horas | Teatro Glória

O balé “A Bela Adormecida” é inspirado no conto infantil, mas aqui vira música e você pode sentir a história.

_Suíte A Bela Adormecida, de Tchaikovsky

_Concerto para piano em lá menor, de Grieg

 

Solista: Cristian Budu, piano

Regência: Helder Trefzger

_ABRIL_

Tons da Música Brasileira

10 e 11 de abril | 20 horas | Teatro Glória

Obras de grandes nomes da música popular brasileira

_Sinfonia Popular n.º 1, de  R. Gnattali

_Prelúdio Pérolas para Jobim, de R. Vieira

_Imagina, de Tom Jobim/C. Buarque

_Incerteza, de Tom Jobim/N. Mendonça

_Outra vez , de Tom Jobim

_Se é por falta de adeus, de Tom Jobim/D. Duran

_Lamento no Morro, de Tom Jobim/V. de Moraes

_Se todos fossem iguais a você , de Tom Jobim/V. de Moraes

_Foi a noite, de Tom Jobim/N. Mendonça

_Estrada do Sol, de Tom Jobim

_Eu não existo sem você, de Tom Jobim/V.de Moraes

_Chega de Saudade, de Tom Jobim/V.de Moraes

 

Solistas: Duo Vieira (Rebeca Vieira, voz e Ricardo Vieira, violão e arranjos)

Regente: Leonardo David

 

FESTA DA PENHA

A Orquestra Sinfônica se apresenta dentro da programação da maior celebração religiosa do Espírito Santo.

24/04 | 20 horas | Teatro Glória

25/04 | 20 horas | Santuário Divino Espírito Santo (Santuário de Vila Velha)

_Abertura em Ré, de  J. M. Nunes Garcia

_Stabat Mater, de Vivaldi

_Symphonic Sketches, de Chadwick

_Magnificat, de J.L. Battmann

 

Solista: Priscila Aquino, contralto

Participação Especial: Coro Sinfônico da FAMES (Reg. Sanny Souza)

Regente: Helder Trefzger

 

_MAIO_

ORA DIREIS OUVIR ESTRELAS!

Celebração dos 65 anos da Ufes e 100 anos do Eclipse Solar em Sobral

 

08 e 09/05 | 20 horas | Teatro Universitário - UFES

Há cem anos atrás, cientistas ingleses foram para a cidade de Sobral, no interior cearense, para estudar um eclipse solar que ajudou na comprovação da Teoria da Relatividade, de Albert Einstein.

_Amanhecer, de Fabiano Santana

_Ária da folia, da ópera Platée, de Rameau

_Total Eclipse, do oratório Samson, de  Handel

_Canção para a Lua, da ópera Rusalka, de Dvorak

_Sinfonia n.º 41 “Júpiter”, de  Mozart

 

Solistas: Rosiane Queiroz, soprano e Alexandre Bianque, tenor

Regente: Leonardo David

 

Sinfônica no Parque | Concerto do Dia das Mães

 12 de maio | 11h | Parque Botânico da Vale

 

SÉRIE ESPÍRITO SANTO

16 de maio | 19 horas | (concertos itinerantes)

 

CLÁUDIO SANTORO – 100 ANOS

29 e 30 de maio | 20 horas | Teatro Glória

Um repertório homenageando os cem anos do maior compositor e maestro de todos os tempos - foi autor de 14 sinfonias - e também fundador da Orquestra Sinfônica Brasileira, Cláudio Santoro.

_Três Fragmentos sobre BACH, de Cláudio Santoro

_Choro para Saxofone Tenor, de Cláudio Santoro

_Sinfonia n.o 4 (da Paz), de Cláudio Santoro

 

Participação Especial: Coro Sinfônico da Fames (Reg.Sanny Souza)

Solista: Vinicius Macedo, saxofone tenor

Regente: Helder Trefzger

  

_JUNHO_

SÉRIE FAMÍLIAS

09/06 | 11 horas | Teatro Glória

MEHMARI ESPETACULAR

 12 e 13 de junho | 20 horas | Teatro Glória

_Variações Concertantes sobre um tema de Ernesto Nazareth, de  André Mehmari

_Eu te amo (Arr. André Mehmari), de Tom Jobim/Chico Buarque

_Bebê/Frevo e Lôro  (Arr. André Mehmari), de  Hermeto Pascoal/Egberto Gismonti

_Andante, do Concerto Chorado, de André Mehmari

_Suíte Jogos Panamericanos Rio 2007 (Encontro das Águas e A Energia do Sol), de André Mehmari

 

Solista: André Mehari, piano

Regente: Helder Trefzger

 

PERFEIÇÃO CLÁSSICA | A PRIMEIRA ESCOLA DE VIENA

26 e 27 de junho | 20h | Teatro Glória

Um repertório com obras de compositores do classicismo, nascidos em Viena, na Áustria. A primeira escola de Viena foi criada para classificar a produção musical dos três importantes mestres: Beethoven, Mozart e Haydn

 

_Doze Contradanças, de  Beethoven

_Concerto para piano e orq. n.º 21, K-467, de  Mozart

_Sinfonia nº 104 “Londres”, de  Haydn

 

Solista: Elenísio Rodrigues, piano

Regente: Marcelo de Jesus

 

“Ingressos na bilheteria do Centro Cultural Sesc Glória de terça à domingo, das 11h às 20h”

 

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Secult

Aline Dias/ Danilo Ferraz/ Erika Piskac

Tels.: 3636-7111/99808-7701/99902-1627

secultjornalismo@gmail.com

comunicacao@secult.es.gov.br

Facebook: secult.espiritosanto

Instagram: @secultes

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard