05/11/2018 10h34 - Atualizado em 08/11/2018 16h13

Secult promove lançamento coletivo de livros no dia 14 de novembro

A produção literária produzida no estado do Espírito Santo se (re)afirma na criatividade e na diversidade. É o que o público capixaba vai poder conferir no lançamento coletivo dos 15 livros contemplados pela Secult, no dia 14 de novembro, a partir das 19 horas, no Salão São Tiago do Palácio Anchieta, no Centro de Vitória.  O evento contará com a presença dos autores e suas obras serão distribuídas gratuitamente. A entrada é franca.
As publicações foram contempladas pelo Edital 007/2017 - Produção e Difusão de Obras Literárias, do Fundo Estadual de Cultura (Funcultura), da Secult. O que prevalece é a abrangência de gêneros como romance, conto, crônica, poesia e infantojuvenil. Após o lançamento, as obras serão destinadas para a rede pública de ensino, bibliotecas públicas municipais e também para as unidades da Biblioteca Transcol e a Biblioteca Móvel. O objetivo é que os livros cheguem a todos os municípios do Estado.
 
Confira a lista de livros que serão lançados:
Temporária, de Aline Prúcoli Souza
Nas águas de Lia, de Andréia Penha Delmaschio   
Viagens à Capitania do Espírito Santo: 200 anos das expedições científicas de Maximiliano de Wied-Neuwied e Auguste de Saint-Hilaire, de Bruno César Nascimento  
O Canto da Crise, de Duílio Henrique Kuster Cid
Aprigio Lyrio – Simplesmente Mercúrio Cromo, de Fabrício Ferreira Fernandes
Um território inominado, de Fernanda Nali de Aquino
As sombras da cidade, de Fernando Carvalho Gomes
A Forma Indelével: Um Estudo sobre a persistência morfológica em Maruípe, de Flavia Ribeiro Botechia
"Vozes Negras" na história da educação: racismo, educação e movimento negro no Espírito Santo (1978-2002), de Gustavo Henrique Araújo Forde
A Indústria Produtiva da Literatura Infantil no Espírito Santo – A Performance de Cinco Autores, de Ivana Esteves Passos de Oliveira
Quiche, de João Chagas Ligeiro Albani
História versada de uma breve vida, de Lara Barbosa Couto
¡ATENÇÃO ARTE! Imaginabilidade e legibilidade como estratégia de pertencimento da Arte Pública e das intervenções urbanas, de Marcela Belo Gonçalves, Ciliani Celante e José Cirillo.
Uma leitura na chuva, de Paulo Roberto Sodré
O Estranho Visitante, de Pedro Paulo de Souza Nunes
Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Secult
Carol Veiga / Erika Piskac / Danilo Ferraz
Tels.: 3636-7111/99808-7701/99902-1627
Facebook: secult.espiritosanto
Texto: Danilo Ferraz
2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard